quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Odontologia do trabalho

ODONTOLOGIA DO TRABALHO

Saúde Ocupacional
Dra. Ana Carolina M. C. Mello

INTRODUÇÃO
Odontologia do Trabalho é a especialidade da Odontologia que tem por objetivo a melhoria da saúde oral, seus efeitos e influência sobre a produtividade no trabalho,o diagnóstico precoce de manifestações orais de doenças ocupacionais além da manutenção da saúde oral dos trabalhadores no ambiente de trabalho.
Há um senso comum que a assistência odontológica prestada a um grupo de pessoas poderia chamar-se de Odontologia Social ,Coletiva ou Assistência Odontológica ao trabalhador, essas denominações exprimem alguma sinonímia, qual seja, o de levar a Odontologia a todas as pessoas. A função do dentista do trabalho,é de levar a saúde ao trabalhador e detectar sinais precoces de doença ocupacional, evitando prejuízos maiores ao trabalhador e á própria empresa. Os danos á saúde e os prejuízos diretos e indiretos podem ser minimizados quando a prevenção tem um destaque especial em qualquer programa de saúde do trabalhador e obviamente em saúde bucal do trabalhador.

DISCUSSÃO
Tudo começou com a Revolução Industrial, cuja principal característica era a servidão do homem á máquina, obrigando o trabalhador a constantes riscos, enfrentando caldeiras incendiárias e engrenagens mutiladoras.
Porém, a sociedade industrial dependia, como ainda depende, dos resultados fabris, que por sua vez , dependem das atividades operacionais, fazendo com isso, que os tecnólogos se convencessem do bem estar do trabalhador como fator da produtividade da máquina e do próprio trabalhador. Nasce, então, a preocupação com a saúde do homem no trabalho, através da Medicina, da Enfermagem, da Psicologia, da Fisioterapia, da Engenharia e mais recentemente da Odontologia, cujo objetivo maior é o de somar esforços ás demais especialidades nos cuidados com a segurança e a saúde do trabalhador, pois a Saúde Ocupacional depende, essencialmente, do trabalho de equipe onde o cirurgião-dentista tem papel importante pelo fato de numerosas doenças profissionais apresentarem manifestações orais.
A Medicina do Trabalho existe há alguns anos e vem se desenvolvendo nos últimos tempos ocupando importante espaço dentro da empresa. A Odontologia do Trabalho não deve ser considerada uma unidade isolada dentro deste contexto, muito menos, como algo á parte. O enfoque correto consiste na visão das duas áreas trabalharem juntas, pois entende-se como conceito de saúde segundo a OMS: “Saúde é um estado de completo bem estar físico, mental social e espiritual... não apenas a ausência de enfermidade”, considerando o homem como um ser complexo, bio-psico-social indivisível. A Odontologia do Trabalho é tão essencial na empresa quanto a Medicina do Trabalho, a Enfermagem, a Fisioterapia, pois, a saúde começa pela boca, que faz parte do corpo que sofre com as influências externas precisando de cuidados, através do estudo, interpretação e solução dos diferentes problemas bucais que atingem a todos os trabalhadores, visualizados como participantes do processo de produção e consumo de bens, no qual o cirurgião-dentista e outros profissionais do setor também estão imersos enquanto trabalhadores da saúde. O foco da Odontologia do Trabalho deve ser a prevenção, reabilitação e preservação da saúde dos trabalhadores, que podem ser atingidas pela análise, planejamento, execução, avaliação de serviços ou programas de saúde bucal, avaliação técnica e perícia. O cirurgião-dentista atuando dentro de uma empresa terá como objetivos a redução do absenteísmo por causa odontológica, a diminuição dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais que atinjam a cavidade bucal.,além de:
a)Promover e manter o estado de saúde e o bem estar do trabalhador, dentro do ambiente de trabalho, pois estudos revelam que cerca de 60% do tempo de vida ativa é despendido no emprego ou local de trabalho.
b) Possibilitar a adaptação do trabalho ao homem, para desempenho da função de forma mais saudável e produtiva.
c) Prevenir e ou promover a cura das doenças que acometem os dentes e a cavidade oral.
d) Conscientizar o trabalhador sobre a importância da saúde bucal e sua influência neste processo.
e) Possibilitar o trabalhador á participação de programas de atenção á saúde bucal.
f) Orientar o trabalhador quanto á importância do uso de equipamentos de proteção individual para preservação da própria saúde.
Portanto, o especialista em odontologia do trabalho deverá, como todos os profissionais que integram a saúde do trabalhador (Seesmt, CIPA) atuar na prevenção da saúde dos trabalhadores, visando um aumento da eficiência do setor industrial e de serviços (produtividade) na qualidade da produção dos serviços, com redução do tempo perdido por acidentes de trabalho e doenças profissionais.A diminuição do índice de absenteísmo é relevante pelas melhores condições de saúde bucal dos trabalhadores.
Um fator muito importante que deverá ser avaliado, são os problemas bucais que afetam diretamente os trabalhadores ,através do levantamento epidemiológico das patologias e do estudo do impacto que possa ocasionar nos familiares desses operários.

CONCLUSÃO
Com base no que foi exposto conclui-se que a presença do dentista do trabalho dentro da empresa é de fundamental importância, para a implantação de programas de atenção em saúde bucal voltado ao trabalhador, e tem como objetivo principal a promoção, proteção,recuperação e reabilitação da saúde bucal do trabalhador contribuindo para uma melhor qualidade de vida.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1. Dias,E.C – Saúde no Trabalho – Organização da Atenção á Saúde dos Trabalhadores; 2000. p.24-26.
2. Garrafa, V. Odontologia do Trabalho. Ver. Saúde Debate,1986; (18): 05-10.
3. Guimarães E, Rocha A. Organização dos serviços odontológicos de uma empresa. Odonto Moderno 1979;6(7):7-12.
4. Guimarães E, Rocha A. Odontologia do Trabalho – 2°Parte. Odonto Moderno 1979; 6(8): 25.
5. Mazzilli L.E.N,- Odontologia do Trabalho .Ed.Santos.2003; p.66-67 – 104-114.
5. Mello, P.B.M – Odontologia do Trabalho – Uma visão multidisciplinar. Ed.Rubio;2006 . p.18
6. Midorikawa ET. A Odontologia em saúde do trabalhador comuma nova especialidade profissional: definição do campo de atuação e funções do cirurgião-dentista na equipe de saúde do trabalhador. São Paulo,2000. Dissertação (Mestrado em Odontologia)- Faculdade de Odontologia, Universidade de São Paulo.
7. Pires do Rio,R- Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional. Belo Horizonte.1996 .p144
8. Silva R. B,Souto D.F, Modelo de Serviço Assistencial em Odontologia Ocupacional. Odonto Moderno 1983;10(10):39-41.

Fonte :segurança no trabalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Arquivo do blog

Quem sou eu

Joinville, Santa Catarina, Brazil
Por Ricardo Toscano, Cirurgião-Dentista graduado pela Unifal, especialista em odontologia do trabalho pela UFSC, mestre em odontologia area de concentraçao em implantodontia cirurgica/protetica pelo Instituto latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontologico,reabilitador oral clinico. Responsável técnico pelo Instituto Odontologico Toscano. Notícias,ferramentas e artigos na área de Reabilitação Oral com ênfase na interdisciplinaridade e multidisciplinaridade.